9 de abr de 2007

Daren e Mariana VI

Por Alice Salles - Desafio Caixa Preta





Mariana desliga o telefone e logo percebe que foi uma completa louca। Fica desesperada porque já marcou o "encontro" com Daren logo depois de um super esporro que no fundo ela sabia que o cara não merecia। Ela fica parada por alguns instantes decidindo ainda o que irá fazer quando o seu celular toca. A música Hey dos Red Hot Chili Peppers enche a casa. É o Pedro. A tela se divide e você vê Mariana de um lado e Pedro do outro no viva-voz no carro.

MARIANA
Alô...

PEDRO
Que voz de enterro, peloamordedeus!

MARIANA
Ai biba querida, to perdida...

Mariana se senta no sofá e é nítido o quanto está se sentindo mal...

PEDRO
Ai nem vem, não se lembra que hoje a gente tem a reuniãozinha na Dina?

Ao ouvir essas frases no telefone, Mariana leva um susto e lembra que não poderia se encontrar com Daren! Ela havia esquecido que teria que estar na Dina em uma hora!

MARIANA
Ai homem! Eu esqueci!

PEDRO
Não me fale que marcou outra coisa... E não me chama de homem!

MARIANA
Foi! Com o Edge ainda!

PEDRO
(com cara de espanto)O Troglô apareceu?

MARIANA
Sim! E foi do nada, do-na-da! Simplesmente me ligou e fiquei tão perturbada que nem fui eu, foi muito estranho! Comecei a ser grossa com ele, exigir demais sabe? E isso me confundiu a porcaria da cuca, Pedrito...

PEDRO
Menina, já falei que vocês tem que ficar juntos mas é bom esse drama pra dar um gosto... enfim! Agora, na melhor das hipóteses ele vai levar o primeiro fora da vida então liga pro gostosão e desmarca whatever que vocês marcaram, vai logo!

MARIANA
Vou, to indo! Você passa aqui logo?

PEDRO
Passo! Foi por isso que eu liguei, né loira?

MARIANA
Tá, besos!


Mariana desliga o celular e assim que pega o telefone fixo pra ligar para o Daren a campainha toca. Ela fica desesperada xingando deus e o mundo e vai até a porta. Abrindo sem nem olhar quem é dá de cara com Daren. Ela se assusta, os dois se olham sem falar nada. E então ela respira fundo e fala:
MARIANA
Eu não marquei com você aqui!

DAREN
Eu sei... eu só queria saber se você...

MARIANA
Edge, eu tinha esquecido completamente de uma coisa, muito, muito importante! Hoje eu marquei de passar na Dina, com o Pedro... a gente quer fazer uma festinha de aniversário pro Ademir...

DAREN
(sorrindo, com aquele olhar super compreensivo e azul, azul tão profundo quanto a pedra azul do colar de Mariana)
Tá bom, já entendi...

MARIANA
Não tô te dispensando, entende? Preciso mesmo ir... já combinei.

DAREN
Fica tranquila, quando você quiser pode me ligar, mandar e-mail, o que for, tá bom?

Enquanto fala, Daren desce os degraus que levam à porta de Mariana indo na direção do seu carrão estacionado na frente da casa. Está um dia ensolarado, quente mas não tão abafado. Mariana quer dizer algo mas não consegue abrir a boca.

DAREN
Bom... boa tarde e se cuida com a Dona Doida!

Mariana hesita e apenas permanece imóvel na porta de casa e o vê andando na direção do seu carro. Em um momento de leve desespero, sem perder a pose, com o sorriso mais delicioso do mundo e mais linda do que nunca - porque sempre ficava divina em roupas "comuns"- ela toma coragem!

MARIANA
Daren! Espera!

Ela corre ate a porta do carro e ao se inclinar sobre a janela Daren desce o vidro deixando aqueles fios dourados entrarem no carro por causa do vento, aquela imagem ficaria guardada em sua memória para sempre. O sorriso largo e perfeito dela, os olhos levemente marejados e castanhos, os cabelos dourados e emaranhados por todos os lados deixando aquele cheirinho de flores por cima dele.

MARIANA
(sorrindo, quase sem se conter)
Eu queria te dizer que fui uma idiota!

DAREN
(rindo e trazendo a mão ao rosto dela, acariciando sua face)
Como? Nunca seria uma idiota... Só se eu quisesse!

MARIANA
Assim que eu voltar, te ligo. Ainda quer jantar?

DAREN
Definitely!

MARIANA
Então combinado!

Mariana se afasta do carro tirando a mão dele do seu rosto e ele coloca seus óculos ray-ban. sorri meio de lado e vai embora. Ela ainda fica na rua algum tempo vendo seu carro sumir no horizonte e é quando leva um susto com a buzinada de um caro que vem logo atrás e ameaça a atropelar. Era nada mais nada menos que Pedro!

PEDRO
Loira! Acorda, entra aí!

MARIANA
Pera! Tenho que fechar a porta né?

Enquanto Mariana vai de volta para casa para pegar sua bolsa e fechar a porta Pedro liga para alguém no celular. É a voz da Dina no telefone.

PEDRO
Love of my life... The blondie está arrasada! A menina apaixonou, nêga!

DINA
Ai... quem não se apaixona pelo Edge? Não tem como, é ir contra natureza!

PEDRO
Você me faz um favor? Umzinho, please?

DINA
(gargalhando)
Só um porque eu sou mulher de PEDIR favor, não de FAZER!

PEDRO
(rindo mas ficando sério conforme traça seu plano)
Você inventa qualquer história e liga praquele Troglô. Fala pra ele ir pralgum lugar chiquetôso, tá me entendendo? Um restaurante, algo assim a luz de velas...

DINA
Sei sei, mas porque?

PEDRO
Porque depois da nossa reuniãozinha a gente inventa que tá com fome e tal e pega a loira e leva ela pro lugar que ele está! E larga os dois lá, entendeu?

DINA
Ótimo! Vou ligar...E só faço isso porque é a Mari, a minha Mari! Se não nunca gastaria meus neurônios pra participar de algo tão desenvolvido assim!

Ao terminar a frase Dina dá altas gargalhadas ao telefone.


PEDRO
Dina do céu! Mari tá chegando, vai, vai, liga lá pro coisa! Beijos!

DINA
Beijos Peter!

Mariana entra no carro com um rostinho muito feliz e vermelho!

MARIANA
Que foi biba? Com quem tava falando!?

PEDRO
Eu que te pergunto! Quem te deixou com essa cara pós-multiple orgasms!?

MARIANA
Ai sua coisa, dirige logo!

Os dois de entreolham e dão risadas juntos. Ele dá a partida e sai. Enquanto isso Dina está em sua mansão, sentada na poltrona da sala desligando o telefone. Ela está séria e muda, um pouco preocupada. Sobe as escadas vai até o seu quarto e se senta sobre a cama e tira do criado-mudo uma agenda de capa preta e um pouco antiga. De lá ela pega um número qualquer que nós não conseguimos enxergar e liga de seu celular.

DINA
Oi minha linda...
Não fique preocupada mas você sabia que Daren está de namoricos com alguém? (pausa)
Pois é, queria só que você soubesse e ficasse de olho... (pausa) A Mari... sabe? Minha amiga... Isso! Poderia estragar tudo, não é mesmo? Só falo isso porque sou sua amiga. (pausa)
Okay, bela donna, okay... Nos falamos então. Um beijo e-nor-me!


Ela desliga o telefone e a campainha toca. Desce as escadas correndo deixando a agenda sobre a cama.

CONTINUA...

Nenhum comentário: