17 de abr de 2007

Daren e Mariana XIX



Por Flavia Melissa - Desafio Caixa Preta



Casa de Mariana. Onze e vinte de uma manha de sábado, o prédio está tranquilo e silencioso.

Daren sobe os degraus sentindo o coração bater mais rápido, enfim ia tê-la para si, enfim ia poder dizer aquilo com que vinha sonhando há meses, desde que aquela loira que sonseguia ser louca e angelical ao mesmo tempo havia saído diretamente do mundo virtual para o mundo real.

Assim que chegou à porta da casa de Mariana, respirou fundo e tocou a campainha. Enquanto esperava que a porta fosse aberta, tentou organizar os pensamentos na sua cabeça. Não seria fácil, a história era completamente louca e non sense, mas ele teria que contar a verdade. Que Dina era apaixonada por ela. Que havia contratado Gustavo, que havia contratado Vivi, que havia levado-o ao desespero praiano, que...

Silêncio. Nada de passos no interior do apartamento. Nada de barulho nenhum. Nada de nada. Como havia sido informado pelo porteiro de que ela estava em casa, achou aquilo muito estranho, pois silêncio completo não combinava com a idéia de Mariana em casa. Tocou mais uma vez a campanhia. Uma terceira vez, e nada.

Não saberia explicar sua atitude caso fosse questionado mais tarde, mas toda aquela paranóia de Mr. W. Querendo adquirir suas empresas à força e a conspiração de Dina, Gustavo e Viviane fizeram-no pensar que algo tivesse acontecido com Mariana. Sem pensar duas vezes, gira a maçaneta da porta, que se abre sem dificuldade.

Daren olha cautelosamente dentro do apartamento, mas não encontra nenhum sinal de Mariana. Entra no apartamento, encostando a porta. Olha ao redor, identifica o princípio do corredor e vai até ele, percebendo a luminosidade que vem de uma porta entreaberta. Quando chega lá, olha dentro do quarto e a vê, deitada encolhida, como uma criança.

Arrebatado pelos sentimentos confusos, Daren caminha até a cama e se senta nela, fitando Mariana sem parar. Depois de um tempo completamente imóvel, começa a se aproximar devagar, os lábios ficando cada vez mais próximos...

Louca
Pare, se não eu atiro!

Daren (levantando-se de uma só vez)
Quem é você?

Louca
Afaste-se da cama! Agora!

Daren
Calma... eu não sei quem você está pensando que eu sou, mas...

Louca
De joelhos! Agora!

Daren (ajoelhando-se no chão e colocando as mãos atrás da cabeça)
Eu posso explicar eu...

Louca (aproximando-se de Mariana)
Quem é você? E o que está fazendo aqui?

Daren
Eu é que te pergunto!

Louca
Quanto vocês iam pedir de resgate? Hein? Hein?

Daren
Resgate? Do que é que...

Louca (olhando fixamente para Mariana)
Vocês se acham o máximo, sequestrando as pessoas... manipulando-as e fazendo com que liguem para as famílias com voz desesperada... Conheço muito bem gente da sua laia!

Daren
Mas eu não...

Louca
Qual ia ser o próximo passo, hein? Pedir que eu comprasse créditos para carregarem seus celulares dentro da prisão?

Daren (fazendo menção a se levantar)
Minha senhora, a senhora deve estar me confundindo, eu não sou seq...

Louca
De joelhos!

Em sua cama, Mariana abre os olhos. E a cena que vê parece mais impossível de estar acontecendo do que qualquer um dos acontecimentos anteriores. Daren, de joelhos, sob a mira de um revólver empunhado por sua própria mãe.

Mariana
Mãe?

Louca (olhando para Mariana e baixando um pouco a guarda)
Filha?

Daren
Hã?

Mariana
Edge?

Louca-Mãe
Quem?

Mariana (levantando-se da cama)
Mas o que é que está acontecendo aqui?

Daren
Essa mulher é sua mãe?

Louca-Mãe
Você conhece esse mau elemento?

Daren
Mau elemento?

Mariana
Edge, o que você está fazendo aqui?

Daren
Eu vim falar com você, mas você não respondeu à campanhia

Mariana
E aí você foi simplesmente... entrando?!

Daren
Eu... pensei que talvez... eu sei que foi bobagem mas...

Louca-Mãe
Vocês... se... conhecem?

Mariana (olhando o revolver e percebendo que sua mãe estava armada)
Mãe! Quer fazer o favor de abaixar essa arma? De onde você tirou isso?

Louca-Mãe
Com todo aquele papo desconexo no telefone... Eu conversei com a tia Silvana, e ela me alertou para o risco de ser um daquelas modalidades novas de sequestro... Um disk sequestro!

Mariana
Disk sequestro? Mãe, mas o que...

Daren
A senhora me confundiu com um sequestrador?

Louca-Mãe
O que você queria que eu pensasse? Minha filha me telefona dizendo frases desconexas. Frisa que não devo vir armada. Eu chego aqui e o porteiro diz que um homem acabou de chegar, eu entro e vejo você caída na cama, com esse rapaz quase te beijando...

Mariana
Quase me beijando?

Daren
Quase a beijando?

Louca-Mãe
Reuni todos os meus conhecimentos adquiridos por anos na frente da TV acompanhando essas séries policiais que eu adoro e fiz o melhor que eu pude!

Mariana
E essa arma?

Louca-Mãe
Ah, essa arma é do papai.

Mariana
Do papai?

Louca-Mãe
Sim, você não se lembra quando era pequena e viajávamos pra casa de praia? Que ele achava que era necessário no caso de algum ladrão aparecer? (de repente pára de falar, parecendo se dar conta de que Daren está lá) Mas... e você? Quem é?

Daren
Eu... eu sou, bem...

Louca-Mãe
Você é o ex namorado?

Daren
Ex namorado?

Mariana
Não! – se levanta, colocando-se entre a mãe e Daren e fazendo caretas.

Louca-Mãe
Que é isso Mariana? Você deveria se envergonhar, oras bolas. Sou sua mãe e não sei quem é seu ex namorado?

Daren
Que ex namorado?

Mariana (fazendo caretas)
N-nhum e-namo-do, mãe!

Louca-Mãe
Bom, eu não tenho como saber. – levanta-se e começa a tirar as roupas jogadas de Mariana de cima do sofá, a abrir as janelas, uma coisa bem “mãe” mesmo - Tudo o que sei é que um americano esteve aqui com um pudim de silicone, bateu o carro e entrou em coma. Mas você – olhando para Daren – obviamente não está em coma. Você é o pudim de silicone?

Mariana
Mãe! – Mariana anda até a mãe e começa a pegar suas roupas de suas mãos – Não é nada disso. Ele não é um pudim de silicone.

Daren
Obviamente eu poderia perder uns quilinhos mas...

Mariana
E nem é americano.

Daren
Não, não, sou bem brasileiro mesmo.

Mariana
Mas foi ele que bateu o carro sim. E esteve em coma. É uma longa história.

Daren
Vocês nem sabem o quanto.

Mariana
Mãe... Será que você pode nos dar licença? Tenho umas coisinhas a tratar com Edge.

Louca-Mãe
Ah, na hora em que está arrasada e dopada você me procura, e agora não perde a chance de ter 5 minutinhos sozinha com esse rapaz?

Mariana
Mãe, por favor... São só cinco minutos. Depois te explico tudo.

Louca-Mãe
Olha, só 5 minutos, hein? Estou começando a desconfiar que você não anda em seu perfeito juízo.

Daren (falando baixinho)
Se for isso mesmo, tem de quem puxar...

Mariana – fechando a porta do quarto
Edge!

Daren
Ué, você não pode me culpar por achar sua mãe meio biruta... Me confundir com um sequestrador?

Mariana
O que é que você está fazendo aqui? Pensei que você tinha entendido o recado.

Daren
Max, me ouça. Depois de me ouvir, você faz o que quiser da sua vida. Pode nunca mais me ver, se não quiser. Mas me escute primeiro.

Mariana
Proposta tentadora. – Senta-se na cama – Sou toda ouvidos.

Daren anda nervosamente pelo quarto, passando a mão no cabelo.

Daren
Max... Sei que isso parece loucura. Vou estritamente aos fatos sem ficar de rodeios, porque os rodeios não vão ajudar você a entender a pataquada que tá acontecendo.

Mariana
Devo confessar que, vindo de você, nada mais me espanta.

Daren
Max, apenas me ouça, tá bom? Olha só, a Dina tá a fim de você.

Mariana
Hã?

Daren
E contratou o meu amigo Gustavo prá tentar ferrar nós dois.

Mariana
Hã????

Daren
E o meu “amigo” (fazendo aspas com os dedos) Gustavo contratou desespero praiano prá queimar o meu filme.

Mariana
Edge, fala sério. Você “realmente” (fazendo aspas com os dedos) acha que eu vou acreditar nessa história?

Daren
Pois é, eu sei. Aliás, nada de muito normal vem acontecendo na minha vida nos últimos meses, desde que você entrou nela. Eu sei que o que pode parecer é que eu tô apenas arrumando desculpas prá justificar a cena que você viu no restaurante, mas eu juro que estou falando sério.

Mariana
Olha, eu só não vou descartar por completo a possibilidade de você estar dizendo a verdade porque coisas inimagináveis também tem acontecido na minha vida desde que nos conhecemos pessoalmente. Mas até prá uma história louca, a sua está louca demais.

Daren
E você não sabe o quanto. Prá completar ainda tem esse cara dos Estados Unidos, que está me chantageando a vender as minhas empresas ou o cara vai me falir, mas isso eu acho que não vem ao caso.

Mariana
Olha Edge, eu admiro a sua atitude de ter vindo até aqui com a intenção de me fazer acreditar em você, mas acho que você concorda comigo que está indo longe demais.

Daren
Ok, você pode duvidar. Eu também duvidaria de você, se fosse você a me contar essa história.

Mariana
Que bom que concorda comigo.

Daren
Mas o fato é que, com loucura ou sem loucura, eu tenho que te dizer uma coisa.

Daren se aproxima de Mariana, sentando-se na cama ao seu lado.

Daren
Eu não sei se isso vai servir de alguma coisa, mas o fato, Max... É que eu não consigo parar de pensar em você. Não sei o que acontece comigo, eu nunca fui assim. Eu sempre consegui racionalizar muito bem os meus pensamentos, mas agora não tá mais dando. Eu acho... Bom, é apenas uma suspeita, e eu gostaria muito que isso fosse mentira, porque me pouparia um trabalho daqueles, mas o fato é que eu acho que estou apaixonado por você.

Mariana fita Daren boquiaberta. Daren vai se aproximando aos poucos, os lábios ficando cada vez mais próximos... No momento em que se tocam, a porta abre de repente e a mãe de Mariana entra, sem perceber a cena que estava se desenrolando:

Louca-Mãe
Ah, filha, você falou em americano e não sabe de quem eu me lembrei. Lembra daquele rapazinho lindo, aquele negro deus do Ébano que você namorou durante a faculdade? O Sr. W.?

Daren pula da cama, olhando para Mariana.

Daren
Mr. W.?

CONTINUA...

8 comentários:

Gravatai disse...

A mãe da Mariana ganhou uma alma! Gostei! Ficou ótimo isso. E, de novo, nosso querido Mr. W aparece na trama...... :D

flavia melissa disse...

brigadinha gravatinha... e brigadinha pela pict as well...

beijos para fernando & renato :D

Mercedes Gameiro disse...

Flavia & Melissa...amei!!!
Adoro quando o Daren não está desacordado e tem mais de 3 linhas pra se explicar.

E eu to vendo que ele vai achar que a Mariana tem alguma coisa a ver com o Mr. W querer as empresas do Daren.

Very good!

Alice Salles disse...

Hummmmmmmm
Ja senti que a Moça Mercedes deu outro empurrãozinho na historia com esse comment aqui! hahaha

AMEI FLA!

Ficou mto cômica essa mãe! A tinha imaginado toda doce mas agora parece uma louca! Tá ótimo!

Who's next??

Besos

Carolina Garofani disse...

(ébano é um tipo de madeira! bem preta! heheeh)

Será mesmo que essa história vai terminar tao transparente assim? Aguardem os próximos capítulos para mais confusão! :P

Hhahaah retiro o que eu disse sobre uma mãe compreensiva no post anterior!

rafaela disse...

Tô viciada!
Só isso que tenho a dizer...

mercedes disse...

Who is next?

Felipe "Tito" Belão disse...

eu faço a mesma pergunta... quem é agora?
eu to no meu dia cabalístico para escrever alguma coisa...